sábado, 4 de outubro de 2008

Dia de S. Francisco de Assis


Hoje é dia de S. Francisco de Assis e eu quero agradecer a todos os que se lembraram do meu simples aniversário. A todos e a cada um, o meu carinho grato e cordial (do coração). E a minha oração preferida, pois a considero um Programa de Vida.
Oração da Paz de S. Francisco de Assis:
Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz;
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé;
Onde houver erros, que eu leve a verdade;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre,
fazei com que eu procure mais consolar,que ser consolado;
Compreender, que ser compreendido;
Amar, que ser amado;Pois é dando que se recebe;
Pois é perdoando, que se é perdoado;
E é morrendo que se vive para a vida eterna.
Tudo tão simples, como só poderia vir de uma alma simples, como a daquele a que chamaram "o Louco de Deus".
Um abraço cheio de Carinho da Avó Pirueta

6 comentários:

Os Incansáveis disse...

Foi seu aniversário! Parabéns!
Eu gosto muito de São Francisco. Talvez porque gosto muito de animais.
Denise

Avó Pirueta disse...

Denise, como vão esses incansáveis? Como sabe, eu ando um pouco distante na palavra escrita, mas o meu coração anda pulsando por cima de "toda a folha", que é uma velha expressão portuguesa. Significa "em grande velocidade, por todo o lado".
Quanto a S. Francisco, eu tenho o maior orgulho em nascer no dia dele, um homem que se excedeu no Amor por tudo o que existe.
Um beijo para vocês. E para Pedrita também. Avó

BC disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
BC disse...

A mensagem de parabéns, já foi enviada ontem por outras vias.
Mas passei e quando passo tenho que parar (nalguns sítios).
Quanto à imagem do S.Francisco, é um Santo que eu admiro muito, mas tenho que confessar uma coisa.
Na casa dos meus avós paternos havia um orátório(grande) com uma imagem de S. FRANCISCO do tamanho do meu pai, e quando eu passava olhava para ele sempre com um ar muito desconfiado.
Passar ali todos os dias, e aquela pessoa não me dirgir palavra alguma
era no minímo para a minha cabecinha uma grande falta de educação, até que aos poucos fui crescendo e fui entendendo que no fim aqule senhor que me fazia estremecer era apenas uma imagem de devoção.
Beijinhos avó
Isabel

antonio paulo disse...

“A infância é um período mitológico. Certas pessoas, que nessa idade conhecemos, foram deuses também; e não compreendemos agora a sua presença no mundo (…) A existência diminui as criaturas, redu-las a linhas materiais, a uma presença bruta e caída sob o domínio dos sentidos”.

(Pascoaes

3za disse...

Já tinha deixado os parabéns noutro cantinho... Até isto partilhamos! O dia do nascimento...:)
Beijinhos doces