domingo, 4 de maio de 2008

Deus e a Mãe da Criança Diferente

Por ano, mais de 100 mil mães tornam-se mães de crianças diferentes...
Você alguma vez já pensou como as mães das crianças diferentes são escolhidas por Deus?

Imaginemos Deus pairando sobre a Terra, seleccionando as mães para receberem os seus filhos e instruindo seus anjos para tomarem nota num grande livro:
-“Para Regina, um menino, anjo da guarda Mateus”.
-“Para Cristina, uma menina, anjo da guarda Marcela”.
-“Para Teresa, gêmeos, anjo da guarda Fernando”.

Finalmente Ele passa um nome para um anjo, sorri e diz:
-“Dá-lhe uma criança diferente”.
O anjo cheio de curiosidade pergunta:
-“Por que a ela Senhor? Ela é tão alegre...”
-“Exactamente por isso... Como poderia eu dar uma criança diferente para uma mãe que não soubesse o valor de um sorriso? Seria cruel!”
-“Mas será que ela terá paciência?”
-“Eu não quero que ela tenha muita paciência, porque aí ela, com certeza, se afogará no mar da auto-piedade e desespero. Logo que o choque e o ressentimento passar, ela saberá como agir”.
-“Senhor, eu estive a observá-la hoje. Ela tem aquele forte sentimento de independência”.
-“ Ela terá que ensinar a criança a viver no seu mundo, e não vai ser fácil”.
-“E além do mais, Senhor, eu acho que ela nem acredita na Sua existência.”
Deus sorri.
-“Não tem importância. Eu posso dar um jeito nisso. Ela é perfeita. Ela possui o egoísmo no ponto certo.”
O anjo quase se engasgou.
-“Egoísmo? E isso é, por acaso, uma virtude?”
Deus acenou um sim e acrescentou:
-“Se ela não conseguir separar-se da criança de vez em quando, ela não sobreviverá. Sim, essa é uma das mulheres que eu abençoarei com uma criança menos perfeita. Ela ainda não faz ideia, mas ela será também muito invejada. Sabes, ela nunca irá admitir uma palavra não dita, ela nunca irá considerar um passo adiante, uma coisa comum. Quando o seu filho disser mamã pela primeira vez, ela pressentirá que está a presenciar um milagre. Quando ela descrever uma árvore ou um pôr do sol para o seu filho cego, ela verá como poucos já conseguiram ver a minha obra. Eu permitir-lhe-ei ver claramente coisas como ignorância, crueldade, preconceito e ajudá-la-ei a superar tudo. Ela nunca estará sozinha. Eu estarei ao seu lado em cada minuto da sua vida, porque ela estará a trabalhar junto comigo”.
-“Bom, e quem, Senhor, estais a pensar em mandar como anjo da guarda?”
Deus sorriu.
-“Dá-lhe um espelho, ... É o suficiente !”

4 comentários:

Maria do Carmo Cruz disse...

Creio que aqui, mais recatadamente, posso dizer quanto admiro estas Mães tão corajosas, tão fortes que nem precisam de Anjo da Guarda. Para todas elas, uma oração, para que Deus cumpra a promessa feita ao Anjo e nunca as deixe sós. E ai daquele que desrespeite o seu Amor, nem que seja apenas com um olhar mais longo sobre o seu Filho Diferente.
Vós, sim, sois o sal da Terra. Que Deus vos abençoe. Carmo

Raul Martins disse...

Sim, essas são o sal e a luz do mundo. E também por elas a minha oração desta noite!

CCz disse...

Não quero entrar em polémicas ... mas imaginar que Deus faz estas escolhas...

ematejoca disse...

Claro que Deus nao faz estas escolhas.
Contudo esta narracao é tao gentil e comovente que é pena nao ser verdadeira.
Pena é também que Deus nao tenha mandado um Anjo da Guarda aqueles recém-nascidos alemaes que a mae meteu na caixa frigorifica.
Aonde estava Deus nessa altura?